LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"À força de tanto ler e imaginar, fui me distanciando da realidade ao ponto de já não poder distinguir em que dimensão vivo" (Dom Quixote)

Seguidores

REFLEXÃO

“Seja qual for o país, capitalista ou socialista, o homem foi em todo o lado arrasado pela tecnologia, alienado do seu próprio trabalho, feito prisioneiro, forçado a um estado de estupidez.” (Simone de Beauvoir)





17 de julho de 2009

VESPERTINA


Eu pinto em aquarela o teu sorriso.
Tu, arco-íris a enfeitar a vésper que
me guia.
Tuas cores em mim em frescor, em
leveza, em delicadeza, feito tatuagem
de emoção a remontar meus dias.
Eu colho no meu agora ornado céu
a estrela mais brilhante para te dar...
O meu amor!...
O teu astro a cintilar em meu caminho de
pedras é perene facho, é rosa-dos-ventos
a mostrar-me uma nova direção.
Em tuas mãos sempre amenas eu sou fera,
eu anjo sou, singela e humana têmpera em
comoção.
O que de mais caro eu tenho eu já te dei,
as minhas verdades, meus sentimentos,
tudo o que ora sou.
Quero em tua rota ser feixe de luz a luzir
em tua alma rara e radiante, tecer um
arco-celeste por sobre a tua estrada mestra,
mostrar-te que para além de todo desafio
existe um novo horizonte.

Nenhum comentário: