LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós." (Clarice Lispector)

Seguidores

REFLEXÃO

"Por mais que se mantêm em consideração as circunstâncias do tempo, do lugar, do gênio do povo, dos seus conhecimentos, de suas inclinações, falham os cálculos, desmoronam-se os edifícios, inutilizam-se os trabalhos e só se colhe o conhecimento de que não se acertou e que o coração do homem é um abismo insondável, e um mistério que se não pode entender". (Frei Caneca)




13 de julho de 2009

CANTATA


Acordo todos os meus sons nos
acordes do teu corpo...
A tua música é paliativo para este
meu coração dissonante.
Em teus olhos todas as canções que
a minha lira canta... O teu amor...
Minha esperança...
Quando te beijo e fecho os olhos,
a tua escala harmônica a reverberar em
minha escala acidentada, todas as tuas
cifras em meus poros, todas as notas
em teus lábios a compor-me em teu
silêncio. Leva-me, pois, com teus ritmos
quentes, com tua dança encantada.
Rouba-me a fala com teu canto de
misteriosO tenor ternário; envolva-me
com a vibração do teu pranto e eu te darei
a canção de mil amores. Porque quero
adocicar teus dias com a minha melodia
predileta, dedilhada em rara harpa.
Sejas a toante dos meus dias, a toada
de minhas horas esparsas, o tom maior
em minha vida descompassada...
Serenata em noite bela sob a minha
janela d’alma!...

Nenhum comentário: