LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós." (Clarice Lispector)

Seguidores

REFLEXÃO

"Por mais que se mantêm em consideração as circunstâncias do tempo, do lugar, do gênio do povo, dos seus conhecimentos, de suas inclinações, falham os cálculos, desmoronam-se os edifícios, inutilizam-se os trabalhos e só se colhe o conhecimento de que não se acertou e que o coração do homem é um abismo insondável, e um mistério que se não pode entender". (Frei Caneca)




9 de julho de 2009

ANIMA


A paixão tem símbolos enigmáticos
que gravitam em torno do prazer...
Ser, dar, receber...
É como a esfinge que tem corpo e garras
de leoa, como quimera que é Harpia de si
mesma e tem cabeça de mulher...
É também pomba colorida pela poesia voando
no céu azulíneo do poeta sonhador...
A paixão possui aselhas, ceráceas asas que
almejam concreto crescimento interior.
É labirinto misterioso de sentimentos,
devaneios de Ìcaro... voar para a libertação!...
É como borboleta livrando-se do casulo
para aprazível porvir... aurora boreal, por de sol,
ressurgimento para a vida que há de prover.
Paixão é impulso, pulsão, instinto voltando-se
eternamente para o cosmos em singular
exultação visceral, integral, completa.
Paixão é animus versus anima desejando o
bater constante das ondas na encosta.
É fera crudelíssima no imenso mar de amar...
Paixão é essência de brisa, vontade daquele
cheiro que nos vem de longe e já é peculiar...
Paixão é o gosto do que sequer foi delibado,
É o sutil sopro decifrando indelevelmente o
que deveria ser... e o que há de vir.

Nenhum comentário: