LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós." (Clarice Lispector)

Seguidores

REFLEXÃO

"Por mais que se mantêm em consideração as circunstâncias do tempo, do lugar, do gênio do povo, dos seus conhecimentos, de suas inclinações, falham os cálculos, desmoronam-se os edifícios, inutilizam-se os trabalhos e só se colhe o conhecimento de que não se acertou e que o coração do homem é um abismo insondável, e um mistério que se não pode entender". (Frei Caneca)




13 de dezembro de 2009

ESTAR BEM CONSIGO MESMO (Cherry Hartman)


1. Confia em ti mesmo. Tu sabes o que queres e aquilo de que precisas.

2. Põe-te a ti mesmo em primeiro lugar. Não podes ser ninguém para os outros se não fores capaz de cuidar de ti mesmo.

3. Deixa que os outros conheçam os teus sentimentos; eles são como a seiva que alimenta a árvore.

4. Exprime as tuas opiniões. É bom ouvires-te a falar a ti mesmo.

5. Valoriza o teu pensamento, pois ele é bom.

6. Reserva para ti o tempo e o espaço de que precisas, sobretudo se os outros querem sempre mais e mais de ti

7. Quando precisares de alguma coisa, nunca penses que a não mereces. Mesmo que a não possas ter, não é mal nenhum precisares dela.

8. Quando tiveres algum receio, comunica-o a alguém. O isolamento em si mesmo alimenta o medo e piora ainda mais as coisas.

9. Quando te apetecer fugir, não procures evitar o medo. Pensa que aquilo de que tens medo acontecerá mesmo, e decide o que hás-de fazer.

10. Se estiveres zangado, não abafes esse sentimento. Experimenta tomar uma atitude. O que quer que faças é sempre melhor que amordaçar o coração.

11. Quando estiveres triste, pensa em algo que seja animador.

12. Quando alguém te ofender, di-lo a quem te ofendeu. Conservar esse sentimento só faz com que ele cresça ainda mais.

13. Quando vires que alguém está mal humorado, respira. Não te deixes assaltar pelas agressões dos outros.

14. Quando tiveres algo para fazer e não o quiseres fazer, resolve o que realmente tem que ser feito e o que pode esperar.

15. Quando desejares alguma coisa de alguém, pede-a. Não há problema se ele disser que não. Perguntar significa ser verdadeiro contigo mesmo.

16. Quando precisares de ajuda, pede-a. Mas prepara-te para que as pessoas digam que não, se não quiserem ajudar.

17. Quando as pessoas te desiludem, geralmente o problema é delas e não teu. Pede a outros que te ajudem e não desanimes.

18. Quando te sentires só, acredita que há sempre alguém em algum lugar, pronto a fazer-te companhia. E imagina como seria bom se isso acontecesse. Decide e põe pés ao caminho.

19. Quando estiveres ansioso, toma consciência do futuro horrível que estás a construir e, mal possas regressa ao presente.

20. Quando desejares dizer algo agradável a alguém, não hesites. Expressa os teus sentimentos... afinal, isso não custa nada.

21. Se alguém gritar contigo, resiste fisicamente descansando na tua cadeira ou fixando firmemente os pés em terra. Respira fundo. E pensa na mensagem que ele te quer comunicar.

22. Quando estiveres a atormentar-te a ti mesmo, pára. Só deves fazer isso quando precisares de alguma coisa. Descobre o que precisas e então conquista-o.

23. Quando tudo te parecer errado, quando te sentires deprimido e precisares de algum ânimo, pede-o. E, só depois, pensa no que hás-de fazer.

24. Quando quiseres falar com alguém que não conheces e tens medo, respira fundo. Não penses muito e vai em frente. Se não fores bem sucedido, podes sempre parar.

25. Se estiveres a fazer alguma coisa de que não gostas (como, por exemplo, beber em demasia, fumar ou reagir mal por tudo e por nada), pára e pensa no que realmente queres. Se não fores capaz de progedir sozinho, fala abertamente com alguém sobre o assunto.

26. Quando não consegues racicionar com lógica, pára de pensar; procura apenas sentir o pulsar de cada parcela do teu corpo.

27. Quando precisares de amor, vai à procura dele. Há sempre alguém disposto a amar-te.

28. Quando estás confuso, geralmente é porque a tua mente te aconselha a fazer uma coisa e a tua vontade quer fazer outra. Dialoga contigo mesmo ou então escreve, ou faz as duas coisas com um amigo.

29. Quando te sentires pressionado, abranda o passo. De forma consciente, reduz a respiração, a fala e os movimentos.

30. Quando a razão for de lágrimas, chora!

31. Quando te apetecer chorar e o local não for apropriado, aceita a dor e promete que, mais tarde, hás-de chorar a vontade. E, cumpre a promessa.

32. Quando alguém te fizer mal, zanga-te com ele a valer.

33. Quando tudo parecer cinzento, vai à procura da cor.

34. Quando te sentires como uma criança, cuida bem da criança que há dentro de ti.

35. Quando alguém te oferecer uma prenda, diz: “obrigado”. É tudo o que tens que fazer. Dar uma prenda não é nenhum dever.

36. Quando alguém te ama, aceita o fato e alegra-te. O amor não é uma obrigação. Não tens que fazer nada em troca.

37. Se te parecer que alguma destas normas não serve para ti, fala disso com alguém. E, depois, torna a escrevê-la de maneira que se adapte a ti.

2 comentários:

bonequinhoda bic disse...

Muito bonito!
Adorei o texto e a imagem.
Beijos!

Edson Carmo disse...

Estar bem consigo mesmo é não ter conflito interno; é não por em guerra o pensamento e o sentimento. Estar bem consigo mesmo é viver em unicidade, e não em dualidade.

Edson Carmo