LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós." (Clarice Lispector)

Seguidores

REFLEXÃO

"Por mais que se mantêm em consideração as circunstâncias do tempo, do lugar, do gênio do povo, dos seus conhecimentos, de suas inclinações, falham os cálculos, desmoronam-se os edifícios, inutilizam-se os trabalhos e só se colhe o conhecimento de que não se acertou e que o coração do homem é um abismo insondável, e um mistério que se não pode entender". (Frei Caneca)




16 de dezembro de 2009

COMUNICAÇÃO: A PONTE PARA O SUCESSO (Reinaldo Passadori)

...Ponte, mais do que uma estrutura de concreto que une os dois lados e permite a passagem de pedestres ou veículos, tem sentido mais apurado: representa união, aproximação, elo, ligação, junção, contato, relacionamento, laço, vínculo, convívio.

A ponte é um símbolo de passagem, de transposição de um lugar para outro, de um tempo para outro, de um estado (físico, emocional ou intelectual) para outro. Assim, podemos dizer que:

- O presente é uma ponte entre o passado e o futuro;
- O hoje é uma ponte entre o ontem e o amanhã;
- A mãe é uma ponte para a vida;
- O médico é uma ponte para a saúde e o bem estar;
- O professor é uma ponte para o conhecimento;
- O mestre é uma ponte para a sabedoria;
- O soldado é uma ponte para a liberdade;
- O advogado é uma ponte para a justiça;
- A consciência é uma ponte para o reconhecimento da vida;
- A religião é uma ponte para a espiritualidade;
- O coração é uma ponte para o amor;
- A inteligência é uma ponte para o desenvolvimento;
- Os órgãos dos sentidos são ponte para as sensações;
- O medo é uma ponte para a coragem;
- O olhar é a ponte para o relacionamento.

Mais do que atravessar pontes muitas vezes é necessário um esforço ainda maior, impulsionado pela coragem e determinação ao se perseguir um objetivo ou um sonho, que é o de destruir pontes após tê-las atravessado.

Muitos durante a empreitada desistem diante de qualquer obstáculo e voltam correndo pela mesma ponte que atravessaram.

Massaharu Tanigushi, um líder religioso, disse certa vez que ao tomarmos a decisão de realizar alguma coisa, é fundamental queimar a ponte após tê-la atravessado e que devemos seguir sempre em frente, com a firme convicção de que venceremos infalivelmente. “Ninguém poderá exteriorizar plenamente a sua força se, ao iniciar um empreendimento, deixar preparado um caminho para a fuga, para o caso de encontrar algum obstáculo”, ele disse.

É o mesmo princípio adotado por Júlio Cesar, quando desembarcou na costa britânica com o seu exército invasor, que mandou queimar todos os seus navios, navios que tinham prestado um grande trabalho transportando o seu exército através do estreito e que, no caso de derrota, seriam indispensáveis para a fuga.

É também o que diz Vladimir Maiakowski, um grande poeta russo, em um de seus mais belos poemas: “Só é verdadeiro revolucionário aquele que queima as pontes da retirada”.

A idéia que é simbolizada pela ponte é sedutora, principalmente porque nos impele a refletir sobre o nosso próprio papel de ponte.

Através do nosso trabalho, somos ponte para a nossa realização e o bem-estar da nossa família, além do crescimento da nossa empresa que, por sua vez participa de um contexto ecológico e social.

Através das nossas ações, somos ponte para a construção de um mundo melhor (ou pior), dependendo da ponte que optamos atravessar.

A nossa comunicação é a ponte preciosa e que precisa ser cuidada, pois através dela nós mostramos que existimos que pensamos quem somos, nossa competência, inteligência e nossos sentimentos.

O que proponho é que cada um procure coscientizar-se do seu papel de ponte ou do seu papel de tábua de uma ponte, através da qual, outras pessoas poderão ter uma vida melhor. Construa pontes, destrua alguma quando necessário, e lembre-se da sua comunicação, a ponte que ampliará as suas possibilidades para uma vida plena de realizações (e de prazeres) pessoais e profissionais.

Para contatar Reinaldo Passadori:
atendimento@consultores.com.br


http://www.consultores.com.br/

2 comentários:

Andrea Mari disse...

Construir novas pontes e destruir as que ja nao servem para o novo caminho!!!!adorei.
bjosss no coracao.

bonequinhoda bic disse...

Por falar em pontes...acabou de haver um tremor de terra aqui em Lisboa(falando sério)!
Tou com medo de voltar a adormeçer!