LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"À força de tanto ler e imaginar, fui me distanciando da realidade ao ponto de já não poder distinguir em que dimensão vivo" (Dom Quixote)

Seguidores

REFLEXÃO

“Seja qual for o país, capitalista ou socialista, o homem foi em todo o lado arrasado pela tecnologia, alienado do seu próprio trabalho, feito prisioneiro, forçado a um estado de estupidez.” (Simone de Beauvoir)





24 de outubro de 2009

TELÚRICO (Cacau Loureiro)

Todo o tempo do mundo é pouco para
estar contigo, em teu universo amante e
amigo não há como demarcar as horas,
compassar o débil relógio...
De braços abertos eu me jogo em teu
precipício de ternura, pois que acredito
que o meu voo apesar de cego, é bonito!
Assim colho as rosas mais bonitas que
germinam entre as pedras da saudade e
fazem-me colorir de ti o meu amplo infinito.
Assim viajo em espirais que me levam por
mares e céus desta terra encantada, o meu amor...
O meu desejo contumaz, a minha pressa
ferem-me as entranhas, deixam secas cicatrizes
que só se convalescem eu teu tom balsâmico,
em teus gestos lúbricos.
E eu quero ainda descortinar o teu mundo, em
amplexo de venturas e pesares, em discernimento.
Em estesia astral eu quero transpor intergaláctica
fronteira, sem medida de tempo ou espaço, em
teu âmbito singularmente cortês.
Em meu perfil altamente onírico eu luto para
permanecer em meu estado racional e telúrico.
Eu quero transgredindo da física todas as leis
transpassar teu corpo, habitar teus dias, como
jamais alguém algum dia fez!...

Um comentário:

Andrea Mari disse...

Retribuindo a visita, adorei seu blog,aproveito para dizer que adoro pessoas de aries...

...transgredindo da física todas as leis
transpassar teu corpo, habitar teus dias, como
jamais alguém algum dia fez!... Que lindo e profundo,vou seguir!!!bjosss e bom final de semana!