LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"À força de tanto ler e imaginar, fui me distanciando da realidade ao ponto de já não poder distinguir em que dimensão vivo" (Dom Quixote)

Seguidores

REFLEXÃO

“Seja qual for o país, capitalista ou socialista, o homem foi em todo o lado arrasado pela tecnologia, alienado do seu próprio trabalho, feito prisioneiro, forçado a um estado de estupidez.” (Simone de Beauvoir)





24 de outubro de 2009

SOBRESTAR (Cacau Loureiro)


É breve a volúpia dos
meus gestos, que não
refeitos das orgias
d’outros dias, fatigados
estão a te conceder
meu espírito.
Entrelaço as mãos
pelos cabelos, poucas
vezes desse jeito assim
me pego.
Não gosto de ser vista
como prenda, espero
apenas que isto
compreendas.
Sabes que te entrego
com louvor os meus
defeitos, por força da
espera ou por direito,
simplesmente por ser
mulher.
A ti me dou com uma
força sobre-humana
quando me queres assim
tão de repente.
Peço-te amigo, seduzas-me
a noite inteira até que eu
queira doar-me por completo.
Se és devoto do meu corpo,
minha pele, não apresse
nosso encontro, nossas
almas. Não há encanto
quando me dou como presente.

Nenhum comentário: