LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"À força de tanto ler e imaginar, fui me distanciando da realidade ao ponto de já não poder distinguir em que dimensão vivo" (Dom Quixote)

Seguidores

REFLEXÃO

“Seja qual for o país, capitalista ou socialista, o homem foi em todo o lado arrasado pela tecnologia, alienado do seu próprio trabalho, feito prisioneiro, forçado a um estado de estupidez.” (Simone de Beauvoir)





11 de agosto de 2009

AFLUÊNCIA


Alagas o meu desejo com o teu basto desejo...
Nascentes que me fartam o peito de quereres.
Mesclo o teu paladar ao meu paladar... a todo
custo, a todo gosto em salivações ardentes,
quimicamente desenvoltas, indecentes...
Teu tronco ebuliente ligando-me tenazmente
a ti em corpo e mente.
Não quero partir, quero ir mais fundo, além
de mim, além de ti, permanecer para sempre,
pois que tudo és tu em mim.
Para ti todos os meus eflúvios carnais, viscerais;
puro prazer em ser, em ter, tocar-te.
Meus olhos derramados em tua face singular,
Já em mim, tua alquimia inesquecível, ímpar.
Imã que nos une, e imantados em manta de calor
percorremos com furor nossos dorsos, em densos
toques libidinosos.
O meu corpo inteiro tarjado e trajado de ti,
tudo em mim em mil vozes a clamar por teu
ser intenso, provecto, langoroso.
Eu meço cada palmo de tua pele cálida, cada
centímetro dos teus aveludados lábios.
Tudo em ti eu sei de cor... tua tez em minha tez,
Minhas íris fitas em teus abismais encantos de
abissais promessas, de perdidos rumos...
Meu corpo fixado no teu exalta-te em paixão,
devoção, em tesão, em querer maior...
Em comoção que me magnetiza e arrasta-me às
tuas profundas águas de amor!...

Nenhum comentário: