LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"À força de tanto ler e imaginar, fui me distanciando da realidade ao ponto de já não poder distinguir em que dimensão vivo" (Dom Quixote)

Seguidores

REFLEXÃO

“Seja qual for o país, capitalista ou socialista, o homem foi em todo o lado arrasado pela tecnologia, alienado do seu próprio trabalho, feito prisioneiro, forçado a um estado de estupidez.” (Simone de Beauvoir)





24 de agosto de 2009

AEDO


O meu coração é alado,
em suas asas carrego os
meus sentimentos.
Com olhos de águia,
voando além do firmamento
tento te encontrar.
Fito todo o horizonte,
porque escondido estás
em suas linhas.
Terra, mar, céu e eu, tudo
tem um brilho teu, a brisa
que toca meu rosto, o azul
que reflete em minha alma,
o sol que aquece o meu
coração, e sobre tudo e
todos voo com as asas do
teu encantamento...
Queria, neste entorpecimento,
afagar-te a fronte, beijar-te a
boca com toda esta sede insana,
louca... por instantes.
Contudo, ainda vôo cheia de
alegria, decantando em simples
rimas toda a tua simetria, e o
meu coração, com esta pouca
e pobre métrica, mas em carinhos
milimétricos, ainda faz de ti, o
aedo dos meus versos.

Nenhum comentário: