LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"À força de tanto ler e imaginar, fui me distanciando da realidade ao ponto de já não poder distinguir em que dimensão vivo" (Dom Quixote)

Seguidores

REFLEXÃO

“Seja qual for o país, capitalista ou socialista, o homem foi em todo o lado arrasado pela tecnologia, alienado do seu próprio trabalho, feito prisioneiro, forçado a um estado de estupidez.” (Simone de Beauvoir)





5 de abril de 2010

CONTENTAMENTO (Brahma Kumaris)

Contentamento é o brilho de ser livre. É ter a clareza e a convicção para ver que além do presente existe um bom futuro, não só para mim mas para tudo. Sentir nos ossos que o movimento inteiro da vida é em direção ao que é bom, sentir que todas as montanhas têm seus vales, que todo o deserto tem seu oásis. Uma face contente segue a longa jornada de tornar tudo melhor”.
“A água de superfície tem sempre o risco de ficar poluída ou estagnada, de evaporar, de secar. Mas a água subterrânea, livre de intempéries, não pode ser estancada. Contentamento é o mesmo - um movimento invisível e constante para frente, um rio subterrâneo. E quando a superfície da vida mostra algum obstáculo, o rio responde, muda, flui para dentro e ao redor, mesmo que não seja visto. Ele simplesmente nunca se esgota”.

* Extraído do livro "A Paz de Todo Dia - volume 1”, publicado pela Editora Brahma Kumaris (http://www.editorabk.org.br)

Um comentário:

ValériaC disse...

Lindo... Cacau...o contentamento vem de dentro...é como algo que cresce no peito... é bom demais sentir...
Tenha uma linda semana amiga!
Beijos...