LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"À força de tanto ler e imaginar, fui me distanciando da realidade ao ponto de já não poder distinguir em que dimensão vivo" (Dom Quixote)

Seguidores

REFLEXÃO

“Seja qual for o país, capitalista ou socialista, o homem foi em todo o lado arrasado pela tecnologia, alienado do seu próprio trabalho, feito prisioneiro, forçado a um estado de estupidez.” (Simone de Beauvoir)





5 de outubro de 2009

OS FRUTOS DA TERRA


O tempo ao criar raízes nos anais
de minha vida, fez com que eu
cantasse os frutos da terra.
Pois suas sementes germinam em
mim, o impulso que me leva além
do que quero crer.
Por isso, quero cantar os frutos
da terra, o sangue negro do
escravo-operário, a Nova América,
mãe e mulher, a terra viva onde
sonham todas as raças libertarem-se.
Eu quero cantar os frutos da terra,
de onde o homem sorve a esperança
e sabe que a mão que sangra é a
mesma que trabalha e colhe o sal
da terra.
Chora é ri porque está vivo, pois
é preciso viver e ver a terra aflorar.
Porque os frutos da terra precisam
fluir e ser o princípio de tudo... da
nova era que está por vir... do novo
tempo que enraizará a paz na
história de toda a humanidade.

Nenhum comentário: