LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós." (Clarice Lispector)

Seguidores

REFLEXÃO

"Por mais que se mantêm em consideração as circunstâncias do tempo, do lugar, do gênio do povo, dos seus conhecimentos, de suas inclinações, falham os cálculos, desmoronam-se os edifícios, inutilizam-se os trabalhos e só se colhe o conhecimento de que não se acertou e que o coração do homem é um abismo insondável, e um mistério que se não pode entender". (Frei Caneca)




3 de agosto de 2009

GÊNIO MENINO


Teu universo fechou-se em derredor...
Agora eu e tu numa justa laçada, apertado
laço, cego nó, nossas aselhas aliadas.
Negar, não posso essa magnética esfera
que nos aproxima, atrai-nos, enlaça-nos,
e, doravante dentro de mim mora um anjo...
tornando-me uma ninfa caída, mas, colorida
içando vôos maiores em meu singular
encantamento interior.
Mas, há também este agror que transpassa
o meu coração rebelde inquietando meu
espírito viajor.
Como ludibriar este querubim diligente e
assim te permitir tesouro tão superior?
Anjo traidor!... gnomo que transforma
astutamente homem e mulher, ódio e amor...
Como lidar com este instinto enganador?
Como discernir o que é demônio e deidade
dentro deste meu arbítrio sonhador?!
Duende mofino, menino saqueador...
ata-me às suas amarras, acerta-me as suas
flechas, faz-me arrastar asas ao encontro
deste moço, belo elfo tentador.
Gênio da guerra e da paz e que transitar
faz-me entre o contentamento e a dor...
Com ele diviso tantas miragens, angélicas
paisagens... ente guardião, mecenas do amor!

Nenhum comentário: