LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"À força de tanto ler e imaginar, fui me distanciando da realidade ao ponto de já não poder distinguir em que dimensão vivo" (Dom Quixote)

Seguidores

REFLEXÃO

“Seja qual for o país, capitalista ou socialista, o homem foi em todo o lado arrasado pela tecnologia, alienado do seu próprio trabalho, feito prisioneiro, forçado a um estado de estupidez.” (Simone de Beauvoir)





7 de dezembro de 2009

O COVARDE (Sergio Menegueli)

Sozinho, um covarde não cria confusão, mas...
Em turma, provocam uma grande rebelião.

Ironicamente o covarde não distingue seus iguais,
Por isto,
Eles sempre se apóiam em alguém supostamente corajoso,
Para atingir suas metas e ideais...

O covarde é um parasita que se hospeda nas costas de um guerreiro,
Para que, diante das lutas e dificuldades encontradas pela vida, ele sempre saia ileso...

O covarde é perspicaz e inteligente, pois,
Para não se expor e não bater de frente com os inimigos,
Ele chora, esperneia, cria e inventa,
Esperando com este teatro, que alguém resolva os seus problemas...

O covarde atiça e instiga alguém para executar um serviço,
Com medo de ser reconhecido como o autor e mentor da investida,
Pega alguém ignorante até a alma e sem papas na língua,
Para verbalmente ou literalmente liquidar por ele, a sua vitima...

A covardia quando bem manipulada pelos covardes em questão,
Superam de longe a inteligência dos que serão colocados em ação,
Pois os covardes sempre se fazem e se colocam no lugar de vitimas,
Arrolando pessoas de bom coração, nas suas impiedosas e escabrosas investidas...

"Para se conviver com um covarde, é preciso ter um super-anjo de guarda ou ter parentesco com um psiquiatra ou um médico cirurgião, pois ao longo da sua derradeira amizade; se o teu anjo desmaiar de tanto te proteger, o psiquiatra conseguirá depois de muitas terapias te convencer que você não é o super-homem, e se os dois falharem, talvez o medico consiga te curar, remendar e na pior das hipóteses, fazer o seu atestado de óbito, para alguém te enterrar..."


"O covarde é um asqueroso parasita, hospedeiro por natureza, ele muda de corpo e de aparência conforme seus interesses e desejos e, para obtê-los, ele sempre viverá e subsistirá para e por intermédio de alguém, conquistando na vida sem o menor esforço, um pingo de dignidade, da dignidade obtida por quem entrou no seu jogo e no seu campo de ação..."

Nenhum comentário: