LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós." (Clarice Lispector)

Seguidores

REFLEXÃO

"Por mais que se mantêm em consideração as circunstâncias do tempo, do lugar, do gênio do povo, dos seus conhecimentos, de suas inclinações, falham os cálculos, desmoronam-se os edifícios, inutilizam-se os trabalhos e só se colhe o conhecimento de que não se acertou e que o coração do homem é um abismo insondável, e um mistério que se não pode entender". (Frei Caneca)




24 de março de 2010

SALMO DÉCIMO SÉTIMO (Cacau Loureiro)


Aquele que articula suas mazelas para engodar o
firme, jamais se levantará!...
Que caiam por terra os que dão ouvidos a fraude
sem buscar o fato fidedigno.
Pai Poderoso, aguardo em Ti o que é de direito,
posto que os devassos continuam a espalhar
o cinismo por sobre a tua aldeia larga.
Dilata, Santíssimo, as minhas vistas para que eu
possa ver os prepotentes, estenda oh Pai, o meu
entendimento para que eu livre-me dos males
que os sórdidos apregoam.
Abriguei-me Senhor sob o teu telhado para que
eu pudesse apreender os teus ensinamentos e andar
firme depois da tempestade. Por isto, eu limpo o
meu coração dos detritos humanos para receber
os teus conselhos em harmonia, em paz.
Aparta oh Pai, os traidores e os impostores do
meu caminho, pois que já não mais cultivo a
paciência conclamada por teus escritos longevos.
Nenhum humano está isento dos teus provérbios
de equidade e eu prostro-me ao que para mim está
designado, não tenho medo.
Mas, eu sei que o teu látego é vigoroso e enérgico,
ponho nele a minha crença e confiança.
Poupa-me Deus meu da corruptela que obstrui
o caminho dos que seguem com integridade.
E que aqueles que são contaminados pelas palavras
capciosas e embrenham-se no ardil dos ordinários
possam conhecer o teu cinzel de retidão e probidade.
Afasta Senhor, poupa-me dos velhacos que transformam
esta passagem terrena em atos de politicagem e ingratidão.
Redime o Pai aqueles que adulteram e dissimulam as tuas
palavras santas e conspurcam as tuas libações de santidade.
Em teu cálice honroso eu quero beber à tua aliança e que eu
possa pelo sangue do teu filho predileto ser purificado,
convertendo-me num ser virtuoso, honrado e corajoso. Amém.

4 comentários:

C@urosa disse...

Olá minha cara amiga Cacau Loureiro, falaste em politicagem e ingratidão, duas palavras que me incomodam muito...que Deus os perdoe.

Paz e harmonia,

forte abraço

C@urosa

Brunno Leal disse...

Lindissimo. Parabens!

ValériaC disse...

Cacau minha flor amiga...belíssimo seu Salmo...
O melhor que podemos fazer, é nos ligar sinceramente ao nosso Eterno Pai, pois ele nos protege, nos guia, nos faz ter bom senso diante dos "males" do mundo.
Beijos...

Leonam Souza disse...

Querida Cacau,
Foi muito bom para mim visitar novamente este espaço maravilhoso e fazer a leitura deste Salmo. "Poupa-me Deus meu da corruptela que obstrui
o caminho dos que seguem com integridade". Neste aspecto, vivendo aqui em Brasília, mais do que em qualquer outro lugar, é necessário estar ao amparo do Altíssimo. Já estava com saudade das suas palavras de força e de fé. Fiz uma homenagem ao cacau/chocolate que do fundo do meu coração estendo a você, não só pelo apelido mas pela douçura que és. Vai lá ver. Um graaaaaaande e forte abraço do Leonam.