LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós." (Clarice Lispector)

Seguidores

REFLEXÃO

"Por mais que se mantêm em consideração as circunstâncias do tempo, do lugar, do gênio do povo, dos seus conhecimentos, de suas inclinações, falham os cálculos, desmoronam-se os edifícios, inutilizam-se os trabalhos e só se colhe o conhecimento de que não se acertou e que o coração do homem é um abismo insondável, e um mistério que se não pode entender". (Frei Caneca)




15 de março de 2010

INTEGRAL (Cacau Loureiro)


As pessoas usam chavões politicamente corretos para insuflar o seu ego e obter vantagens, sou dura nisto que digo, pois que viver na carne este tipo de hipocrisia é algo que me faz muito mal. Confesso que fico magoada com esta “gente decepção”, mas, isto não me faz pior, muito pelo contrário, consigo superar este tipo de enganação, fazendo-me melhor ainda como pessoa, como habitante deste mundo perdido em egoísmos e ambições desmedidos. Sinto pena daqueles que dissimulam suas vidas sob a máscara da convivência política. Imagino que a política (política mesmo) deste país já é algo de dar asco, imaginem vivenciar a política permeando as relações humanas?! Bem, vacinei-me contra isto já faz algum tempo, mas, como não devemos desistir das pessoas, a gente tenta um pouco mais ao depositar confiança nos “políticos” de plantão do nosso dia a dia.
As minhas realizações pessoais não vêm pelas mãos dos homens, permitidas são pelo meu espírito imbuído de disciplina para esta realização, e isto também conjugando outras obrigações da existência para com marido, filhos, parentela, amigos e também para com àqueles que nos vem pelos canais da escalada da vida. Há pessoas que só sabem lidar com os aspectos práticos de suas existências, esquecendo-se das demais inclinações, para não dizer missão, que é o de dividir o que tem de melhor com as pessoas e ficam no nível do mais ou menos. A vida mais ou menos que os seres levam é que me angustia, pois que elas trabalham mais ou menos, elas dividem mais ou menos, elas choram mais ou menos, elas sorriem mais ou menos, elas conceituam mais ou menos, elas sentem mais ou menos, elas têm mais ou menos amigos, elas amam mais ou menos. E esta vida de meio a meio torna-se incompleta para quem o vive, e obrigam os outros desta forma a conviverem com isto.
Vejo pobreza na humanidade, infelizmente, e gostaria de ter outra visão, tenho aguçado os meus instintos para descobrir aquele que realmente é tocado, tocado pelos dons da vivência cristã, digo aqui cristã, não como princípio doutrinário de quaisquer que seja a religião, pois que não professo nenhuma. Meus olhos testemunham os fúteis batalhando guerras inglórias, pois que não há verdadeira vitória quando não levamos na fronte a auréola e o corolário da justiça e da dignidade.
Conheci pessoas que se agarraram a sonhos vãos, almejaram o poder e não se aperceberam que tinham perdido o seu maior tesouro. O que eu busco está para além desse mundo dos homens e não receio de forma alguma o que advirá após esta vida de agora, porque o que sou hoje, amanhã não temerei continuar sendo.
Sei que minha visão ainda é muito limitada para esta consciência do divino que existe em mim, por isto eu seja crítica demais, como também acredito que não podemos esconder o que somos, e a coragem para se mostrar é para alguns poucos. Portanto, em tudo e onde, eu "estou", eu apresento-me inteira, sem máscaras, sem dissimulações, sem hipocrisias, pois que só quando nos apresentamos completos somos capazes de mudar a nós mesmos e mudarmos o outro que conosco caminha.
Por isso eu não acredito em pessoas água morna, não confio em pessoas vaselina, não creio nos frios e calculistas, não me fio nos que não alteram o humor nas 24 horas do dia, porque vida é movimento, é ação, é comprometimento, é sim e é não. O “talvez”, não convence, o “quem sabe” nunca virá e o “se” não existe.

10 comentários:

Caurosa disse...

Minha cara amiga Cacau Loureiro, concordo plenamente com seu reflexivo texto, o nosso mundinho seria bem melhor e mais franco, se os indivíduos fossem mais autênticos e menos hipócritas...caminharíamos mais felizes e alegres pelos corredores da vida...Parabéns pelo texto.

Paz e harmonia em sua semana,

forte abraço

C@urosa

ALİ EKBER ÇELİK disse...

mundo
dois
enfrentadas
humanos
muitos

Cris Poulain disse...

Que nunca percas esta ousadia,este garra que tens para lutar por um dia melhor,um mundo melhor!!
Resta sabermos como fazermos esta luta.
Eu planto sementes e jamais sou omissa!
Sou uma justiceira e acho omissão,falha de caráter!!
parabéns pelo texto,pela personalidade.
beijos da Cris

ValériaC disse...

Querida Cacau...falou e disse... uma verdade que para mim também é incontestável... as pessoas precisam ter coragem de serem inteiras no que vivem, no que fazem, no que sentem...as pessoas muitas vezes não vivem a intensidade da vida... elas simplesmente deixam o tempo de suas vidas, passar...
Beijos amiga...

Adh2bs disse...

Bom dia / Boa tarde, licença.
Acho inevitável que façamos política nas nossas relações humanas, por mais que a gente tente ser autêntico. P/ ex., vc não convive - ou tolera - situações ou pessoas desagradáveis (pelo menos de vez em quando) para agradar ou não desagradar um ente querido, um lugar que goste de estar... Eu mesmo sempre lutei conta isso (as máscaras ou os disfarces p/ viver na sociedade); no entanto, tenho sempre a nítida percepção de que estão tentando induzir ou manipular meu comportamento. Por outro lado, não resisto em "dirigir" as "cenas" da minha vida manobrando as pessoas sem que elas percebam... Não chega a ser doentio, mas sem dúvida, é estonteante!
Abç, ótima semana, desculpe a intromissão.
Adh2bs

doce anjo disse...

Autenticidade e tudo na vida dos seres humanos, temos que ser assim mesmo corajosos em nossa atitudes, que noss dia dia não seje apenas passageiro e sim vivenciado a cada momento...

Bjux anjo

Marquinhos

Dayane Pereira disse...

Que lindo! Seu blog é lindo, obrigada por me visitar!
Seguindoo. BJS

Marliborges disse...

Oi Cacau,
Gostei das idéias postas no texto (parabéns!) e concordo em quase tudo, mas o que me conquistou verdadeiramente e que aqui reproduzo, foram essas palavras que tu dissestes com um brilho ímpar: "...só quando nos apresentamos completos somos capazes de mudar a nós mesmos e mudarmos o outro que conosco caminha." Gente, isso é muito lindo, poético e preciso. A completude é subjetiva, de fôro íntimo, penso eu.
Beijo grande, amiga.

Marliborges disse...

Oi Cacau,
Gostei das idéias postas no texto (parabéns!) e concordo em quase tudo, mas o que me conquistou verdadeiramente e que aqui reproduzo, foram essas palavras que tu dissestes com um brilho ímpar: "...só quando nos apresentamos completos somos capazes de mudar a nós mesmos e mudarmos o outro que conosco caminha." Gente, isso é muito lindo, poético e preciso. A completude é subjetiva, de fôro íntimo, penso eu.
Beijo grande, amiga.

Cris Poulain disse...

Concordo plenamente com isto!!
A política,a competição está em tudo.
Isto é mais sério do que parece,pois os bons,acabam desistindo de trabalhar em prol dos outros,porque tudo vira fofoca,política,e EGOS!!
Tenho vivido isto na carne,e,ainda,percebo mais no virtual!
Conheci,realmente,a maldade humana,mais forte no virtual.
Mas,ainda,assim não desitsti e quero achar a minha tribo,que são os do bem,os que acham que tem lugar para todos!!!
LINDO FINAL DE SEMANA!!!