LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós." (Clarice Lispector)

Seguidores

REFLEXÃO

"Por mais que se mantêm em consideração as circunstâncias do tempo, do lugar, do gênio do povo, dos seus conhecimentos, de suas inclinações, falham os cálculos, desmoronam-se os edifícios, inutilizam-se os trabalhos e só se colhe o conhecimento de que não se acertou e que o coração do homem é um abismo insondável, e um mistério que se não pode entender". (Frei Caneca)




6 de novembro de 2010

IMANENTE (Cacau Loureiro)

O páramo que sobrevoo em tua
morada é de azul sem par, infinito,
transcendental....
Tuas estrelas resplandecentes
mostram-me caminho contemporâneo.
Não temo a tua rota, porque o teu
rumo eu vou tomando como nau...
Não posso parafrasear tal sortilégio.
Teu sol brilhante a reviver-me o
espírito inculto, minha vida tosca.
Neste domínio que a mim se apresenta
indecifrável, eu pressinto-te, eu
escuto-te nos mais silentes recônditos.
Na minha mente absorta, na minha
alma errática, no meu coração vagueante...
A tua imagem fixa!...

4 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida

Um poema maravilhoso...quase uma oração. adorei ler.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

ISRAEL CARRASCO disse...

I like the song!

Maria Rita disse...

Forte, intenso e cheio de emoções. Adorei!

Beijos pra Ti

Ana Gaúcha _Professora disse...

oi
vim ver e ler vc

mui bueno

prazer

vi vc por aí.

bjoo