LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós." (Clarice Lispector)

Seguidores

REFLEXÃO

"Por mais que se mantêm em consideração as circunstâncias do tempo, do lugar, do gênio do povo, dos seus conhecimentos, de suas inclinações, falham os cálculos, desmoronam-se os edifícios, inutilizam-se os trabalhos e só se colhe o conhecimento de que não se acertou e que o coração do homem é um abismo insondável, e um mistério que se não pode entender". (Frei Caneca)




12 de novembro de 2010

AFEITA (Cacau Loureiro)

Tenho provado todas as bebidas...
Tenho inalado todos os perfumes...
Mas, só o que de ti ficou reanima-me
para a continuidade da vida, vivifica-me
para todos os sabores do mundo.
Nas noites insones a cortina da lembrança
é-me bálsamo para o coração inquieto.
Meus olhos pela manhã abrem-se ao sol
que outrora brilhou em meu caminho
permitindo-me o teu calor deífico, porque
em ti eu vislumbrei um arco-íris de belezas
tantas, de caminhos coloridos... saudades...
Não há como nominar os dias sem ti, sem o
teu remanso... esperanças...
Não há como admitir meus lábios sem os teus,
naquele terno abraço que nos reconstruía...
Angústias...
Não há como permitir-me ao prazer sem o teu
prazer, onde nossos corpos entendiam-se...
Solidão...
Sonhos amarrados em meu peito atrofiam-me
as asas, limitam-me o horizonte.
Eu quero as montanhas verdejantes do teu leito,
a liberdade para voar em tua vida...
Amor...

3 comentários:

Maria Rita disse...

Uau..o que dizer diante de tanto querer já que o sentir sobressai a qualquer palavra que alimenta algum dizer.

Beijos pra Ti

Sonhadora disse...

Minha querida

Um hino de amor e saudade, neste lindo poema que adorei.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

mural do ajosan disse...

Lindo poema, cara amiga; tem uma singeleza sem igual. Grande abraço. Ah, por que qdo entro no seu blog demora bastante? está muito carregado será?