LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós." (Clarice Lispector)

Seguidores

REFLEXÃO

"Por mais que se mantêm em consideração as circunstâncias do tempo, do lugar, do gênio do povo, dos seus conhecimentos, de suas inclinações, falham os cálculos, desmoronam-se os edifícios, inutilizam-se os trabalhos e só se colhe o conhecimento de que não se acertou e que o coração do homem é um abismo insondável, e um mistério que se não pode entender". (Frei Caneca)




2 de agosto de 2010

INUMANO (Cacau Loureiro)

Cerro meus olhos para o passado,
lembranças são facas que ferem...
Há sonhos dilacerados pela distância,
há os corações inertes e vazios...
Há cílios molhados.
Em fio fino equilibra-se o amor dos
superficiais, e nem sempre o maior
sentimento é o bastante para agüentar
as agruras da ingratidão.
A sombra da desilusão vem de mansinho,
não faz alarde, e assim corrompe todos
os sentidos, deforma a esperança, faz
florescer o egoísmo; transfigura rosas
em espinhos, converte dádiva em maldição.
As águas sob os moinhos envelhecem,
estagnadas pelo falso amor, pelas
dissimulações, pelo desinteresse,
pela face mascarada dos insensíveis.
Pois que caiam as máscaras!...
Arrebentar os laços só dói para aquele
que os edificou.
Um dia as águas gastarão as pedras,
um dia os homens entenderão além
do tempo presente.
Um dia os homens tornar-se-ão humanos...
Ou passarão... mas eu, passarinho.

9 comentários:

atlantida disse...

cerrar los ojos al pasado que lastima, que sigue humedeciendo las pestañas cada día, no es algo facil de hacer.
me gusto leerte, te dejo mi calido saludo.

C@urosa disse...

Olá querida Cacau Loureiro, que as mascaras da desilusão e do sofrimento caiam e libertem sorrisos de paz e amor para sempre nos rostos do humanos, se possível, que cantem os pássaros. Muito profundo seu escrito.Parabéns.


forte abraço

C@urosa

Sandra Botelho disse...

melhor deixar o passado lá no lugar dele e não carrega-lo nos ombros...
Belo poema.
Bjos achocolatados

PRECIOSA disse...

Faça a tristeza vôar, para bem distante, onde o pensamento não consiga alcançar. Deixe somente a felicidade tomar conta do lugar no seu coraçao.. Amei seu blog, já sou seu seguidora com muita alegria. abraços carinhoso.
Terei prazer em receber su visita em meu blog.

PRECIOSA disse...

Faça a tristeza vôar, para bem distante, onde o pensamento não consiga alcançar. Deixe somente a felicidade tomar conta do lugar no seu coraçao.. Amei seu blog, já sou seu seguidora com muita alegria. abraços carinhoso.
Terei prazer em receber su visita em meu blog.

ARFERLANDIA disse...

Apesar das ervas daninhas
a seara não deixa de dar trigo
e de entre todos aqueles com quem caminhas
alguns deixarão em ti a imagem do amigo.
Há gente boa e gente má em toda a parte
me dizia um ancião no Alentejo
portanto há positivo e negativo.
Há que ver também o belo, sentir o cheiro das flores.
Ter sonhos, esperança no futuro e agir quando preciso.
Viver a vida intensamente, que é tão curta. E sendo felizes daremos também felicidade.

Com amizade

ARFER

Rosemildo Sales Furtado disse...

O passado não retorna e o futuro é uma incógnita, não sabemos nem se irá acontecer, portanto, vivamos o presente.

Beijos,

Furtado.

ALİ EKBER ÇELİK disse...

boa tarde claudia
agredavel poema

Dédalus disse...

Um forte abraço, Cacau.

(Me gustó verte por mi casa)