LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"À força de tanto ler e imaginar, fui me distanciando da realidade ao ponto de já não poder distinguir em que dimensão vivo" (Dom Quixote)

Seguidores

REFLEXÃO

“Seja qual for o país, capitalista ou socialista, o homem foi em todo o lado arrasado pela tecnologia, alienado do seu próprio trabalho, feito prisioneiro, forçado a um estado de estupidez.” (Simone de Beauvoir)





23 de junho de 2011

DIAMANTE (Cacau Loureiro)


Ah! Quando me abraças ser de luz,

esta energia que me aflui me toma

todos os poros!...

Embriagar-me neste frisson é algo

primoroso, já que o meu espírito

entregue está em tuas suaves mãos.

Os teus lábios como bálsamo-tranqüilo

trazem-me a paz que liberta, reedifica.

Como explicar este raro encontro no

encanto da esfera orbital de teus olhos

de diamante?!

Eu sigo este feixe de luz que promana

do teu repleto seio, sem medos, sem

meandros, sem rodeios.

Nesta estrada em que me guias não mais

sou nômade, finquei raízes em ti!...

Neste paroxismo que me toma e me abala,

não mais sei se sou dominada ou se domino...

Ah! Teu ser criança, alado, quase menino,

fez-me voar nas asas de Cupido!

Um comentário:

Leonam Souza disse...

DIVINA CACAU,
QUE MARAVILHA. É O AMOR DOMINANDO, AVANÇANDO E REDESCOBRINDO O CAMINHO DO IMPOSSÍVEL. SIM, PARA QUEM AMA TUDO É POSSÍVEL, PAUPÁVEL, REALIZÁVEL, ETERNO AQUI E AGORA. PARABÉNS POR ESTA JÓIA DE SENSIBILIDADE. UM FORTE ABRAÇO DO LEONAM.