LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"À força de tanto ler e imaginar, fui me distanciando da realidade ao ponto de já não poder distinguir em que dimensão vivo" (Dom Quixote)

Seguidores

REFLEXÃO

“Seja qual for o país, capitalista ou socialista, o homem foi em todo o lado arrasado pela tecnologia, alienado do seu próprio trabalho, feito prisioneiro, forçado a um estado de estupidez.” (Simone de Beauvoir)





22 de maio de 2011

ALMA RARA (Cacau Loureiro)


Hoje é um lindo dia para se ter saudade,
há tantos acordes nesta manhã ensolarada
que fazem canção em meu coração teso.
E eu canto feliz por me encantar com a
tua essência rara...
Pouso os meus lábios em teus lábios em
síntese e sagração aos nossos corpos...
A minha boca na tua é sopro de vida em
minha semimorta alma.
Na correria do mundo, ainda é belo assistir
ao milagre da vida, o amor que reacendes
em mim. Tu és aurora e pôr-do-sol em meu
poente, poesia para os meus poemas tortos.
Em teu semblante de alegria, alma rara, eu
procuro entender meus labirintos, a minha
vida de incógnitas.
Quando te olho e olho-me no espelho do
mundo há tantas órbitas, caminhos insanos...
É tanto querer que me habita, há tanto para
encontrar, descobrir, viver...
Por que todos os rumos levam-me a ti neste
mundo sem respostas?!
Há tanto ainda para se sentir, há tanto ainda
para se ter...
Minha viagem cármica mostra-me cruéis
humanos, direções opostas, mas, eu quero
e desejo ardentemente a mocsa!...

4 comentários:

Célia Gil, narciso silvestre disse...

O amor é um vendaval de emoções! Parabéns pelo inspirado poema!

C@urosa disse...

A saudade nos faz trilhas caminhos de felicidade e ao mesmo tempo tristeza...incoerências?

forte abraço e bela semana,

c@urosa

Sonhadora disse...

Minha querida

O amor desperta em nós tantas emoções e o teu poema é espelho disso...escreve a alma, adorei e deixo um beijinho com carinho.

Sonhadora

Tempestade disse...

Durante a nossa viagem muitas coisas boas e ruins acontecem, mas
as boas lembranças ficarão sempre guardadas não só na memória quento também no coração.

A viagem continua...

"Há tanto ainda para se sentir, há tanto ainda
para se ter..."

bjokas e otima semana

Nina
http://www.devaneios-fragmentos.blogspot.com/