LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"À força de tanto ler e imaginar, fui me distanciando da realidade ao ponto de já não poder distinguir em que dimensão vivo" (Dom Quixote)

Seguidores

REFLEXÃO

“Seja qual for o país, capitalista ou socialista, o homem foi em todo o lado arrasado pela tecnologia, alienado do seu próprio trabalho, feito prisioneiro, forçado a um estado de estupidez.” (Simone de Beauvoir)





23 de outubro de 2010

VIA LÁCTEA (Cacau Loureiro)


Em meu planeta enigmático
surges como luminoso cometa.
Nenhuma previsão humanóide
poderia ser tão enfática e perfeita.
A minha sinuosa órbita fez-me
colidir com espaciais coincidências.
Viagem dentro de nós emblemática
e perfeita!...
Como posso em visionário sortilégio
deter-me nesta aventura admirável e
fantástica?!
Eu adentro o teu universo paralelo,
sem medos, sem bússolas, mapas ou
rotas.
Em espaçonave singular desbravo o
teu estelar alumbramento, conheço
extragaláxia.
Mistérios abissais permeiam esta
empreitada cibernética.
Sigo a tua luz interestelar, miríade
cintilante que me guia à tua Via Láctea.

4 comentários:

Maria Rita disse...

Desbravando sentimentos.

Lindo!

Beijos pra Ti

Claudinha Monteiro disse...

Oi amiga, quanto tempo!
Não pude estar aqui outro dia, mas sempre te leio...
Como sempre, adoro o que vc escreve, e como vc escreve. Tão diferente de mim. Adoro isso.
Bjos, querida, apareça mais...

Graça Pereira disse...

Andei tambem pela Via Láctea e encontrei palavras tão bonitas, escritas por ti.Quando olhar o céu, numa noite límpida...lembrar-me-ei da tua sensibilidade...
Beijos estrelas...
Graça

PRECIOSA disse...

Amo ler seus textos e poesias

Beijos no coração

Preciosa Maria