LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"À força de tanto ler e imaginar, fui me distanciando da realidade ao ponto de já não poder distinguir em que dimensão vivo" (Dom Quixote)

Seguidores

REFLEXÃO

“Seja qual for o país, capitalista ou socialista, o homem foi em todo o lado arrasado pela tecnologia, alienado do seu próprio trabalho, feito prisioneiro, forçado a um estado de estupidez.” (Simone de Beauvoir)





11 de maio de 2010

AFFECTUS (Cacau Loureiro)


Minhas letras transfiguram-se...
As tardes frescas do outono trazem-me
um novo alento.
A viagem do poeta segue por trilhos que
não tem fim, são estágios sem pedágios,
embora as belas flores avistadas da janela
tenham seus ácidos espinhos.
Mas, eu vejo estrelas nesta tarde que se
deita sobre a noite silenciosa e refaz-me
para sortidos caminhos de sonhos benfazejos.
Uma energia sem limites toma meus sentidos
todos, fulgurante aurora desenha-se no ocaso
dos meus dias, pousa sobre o meu pesar a sombra
amena para apaziguar meu peito irresoluto.
A vida é pressurosa para acorrer aos que sabem
amar, aos que se permitem o bem-querer, aos
que abrem suas lacunas para os alísios da bem
aventurança, do saber se dar.
O trem misto do destino segue adentrando outras
paisagens e eu as vejo com olhos que jamais vira...
Não me cala a voz interior, aspiro ares de moça
terra, da tenra vida que ora brota em mim.
Todos os cheiros do prado fresco incitam meus
impulsos para a dádiva que há de vir...
Nesta vida onde os paralelos não se encontram
eu fito os trilhos que para adiante se cruzam na
mesma direção... o mundo insiste em passar

veloz e eu estaciono lá onde o meu coração
baldeou-se enamorado!...

4 comentários:

C@urosa disse...

Querida amiga Cacau Loureiro, e o coração poeta encheu de nobres sensações a vida de todos, com seu apego e carinho com a letras, parabéns amiga.

forte abraço

C@urosa

Juliana Carla disse...

Olá Cacau

Opa! Gostei do clima aqui. Música de fundo perfect!

Obrigada por estar no Braille da alma.

Sigo-te!

Bjuxxxx e xeroooo

Juliana Carla
http://www.brailledalma.blogspot.com/

ALİ EKBER ÇELİK disse...

belo poema
menina bonita
claudia
como

ValériaC disse...

Lindo seu poema amiga...quem tem dentro de si o Amor...quem nutre o afeto...segue a vida sem medo de tentar ser feliz e vai onde o coração manda...
Beijos flor...
Valéria