LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós." (Clarice Lispector)

Seguidores

REFLEXÃO

"Por mais que se mantêm em consideração as circunstâncias do tempo, do lugar, do gênio do povo, dos seus conhecimentos, de suas inclinações, falham os cálculos, desmoronam-se os edifícios, inutilizam-se os trabalhos e só se colhe o conhecimento de que não se acertou e que o coração do homem é um abismo insondável, e um mistério que se não pode entender". (Frei Caneca)




8 de novembro de 2013

VIGÍLIA (Cacau Loureiro)















Mortifico-me na saudade...
Sublimá-la na lembrança é
altruísmo.
Meu coração ferido, abatido
pela ausência é brasa viva a
queimar-me a alma amásia
O compassado ciclo é como
lâmina afiada, talhante, cruel.
As profundas raízes lançadas
em minhas entranhas não me
desatam de ti, porque são a causa
justa do meu abundante afeto.
Todos os dias em meu relógio
biológico, há densas noites,
escusas, intermináveis.
O sol que habita a minha imaginação,
imergiu no teu horizonte afastado...
Só o meu peito calado, extasiado da
espera faz-me fitar a lua flutuante,
na esperança de que lance teus raios
suaves e prateados sobre mim...

Nenhum comentário: