LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"À força de tanto ler e imaginar, fui me distanciando da realidade ao ponto de já não poder distinguir em que dimensão vivo" (Dom Quixote)

Seguidores

REFLEXÃO

“Seja qual for o país, capitalista ou socialista, o homem foi em todo o lado arrasado pela tecnologia, alienado do seu próprio trabalho, feito prisioneiro, forçado a um estado de estupidez.” (Simone de Beauvoir)





3 de junho de 2013

TRANSMUTAR (Cacau Loureiro)

Há tempos que um sonho adormece

e se repete como uma prece que vai se

ritualizando como um mantra.

Mas, não há o absoluto para aquele

que paira no eterno, e no entretanto

a sua dimensão se delimita em minhas

mãos, pálpebras e passos apressados.

E eu quero seguir... fluindo a vida que

se principia e se encerra a cada gota

de orvalho que cai, a cada letra que floresce

e pauta toda a caminhada.

Quando abri os olhos e enxerguei as flores,

o meu espírito foi tocado pelo divino e a

poesia correu em minhas veias, como um

fluido consubstanciado pelas intempéries da

alma que vagueia só.

E o meu tempo corre no seu contratempo

em desarmonia de ventos e tempestades.

Pois que eu testemunhei o tempo fundir-se

no fogo das paixões e renascer mais corajoso,

vi a fênix da vida despedir-se no ocaso subdividindo

um para que dois sobrevivessem.

Respiro nesta simbiose de pranto e alegria

num lapso estacionado em fantasia e sombra

para que eu possa amanhecer mais forte!...

Nenhum comentário: