LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"À força de tanto ler e imaginar, fui me distanciando da realidade ao ponto de já não poder distinguir em que dimensão vivo" (Dom Quixote)

Seguidores

REFLEXÃO

“Seja qual for o país, capitalista ou socialista, o homem foi em todo o lado arrasado pela tecnologia, alienado do seu próprio trabalho, feito prisioneiro, forçado a um estado de estupidez.” (Simone de Beauvoir)





23 de abril de 2011

À FLOR DA PELE (Cacau Loureiro)

Raro cravo a aflorar minhas fantasias...
Eu desnudo-te em verso e prosa, todas
as rimas.. retira-me o véu, mostra-me
o teu céu... ah! Tudo que me escondes
em baixo ventre, em bom alvitre.
Lábios, pétalas em sincronia, lâminas que
me cortam tez e vulva.
Paixão voraz que me envolve terna e
lúbrica, deixa-me à flor da pele.
Vem com teu canto e faz sinfonia em
meus ouvidos, faz pulsar meu coração...
Rara flor em manhãs tão coloridas,
revela-me em teu verbo, verso e prosa
porque palavra sou em tua poesia!...


2 comentários:

Débora disse...

Menina.... vc arrasa.
Adoro vir passear aqui no seu cantinho, é todo lindo.
Parabens...
Bjssss

BLOG DO PROFEX disse...

Viajei no seu texto, Cacau.
Grande abraço!