LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós." (Clarice Lispector)

Seguidores

REFLEXÃO

"Por mais que se mantêm em consideração as circunstâncias do tempo, do lugar, do gênio do povo, dos seus conhecimentos, de suas inclinações, falham os cálculos, desmoronam-se os edifícios, inutilizam-se os trabalhos e só se colhe o conhecimento de que não se acertou e que o coração do homem é um abismo insondável, e um mistério que se não pode entender". (Frei Caneca)




16 de fevereiro de 2011

SOMMELIER (Cacau Loureiro)


As frutas trazem acidez à minha
boca, na mesclagem das dores
vislumbro minha maturação.
Vejo-me aprendiz num mundo
onde professores são escassos,
aromas diversos na arte de viver.
Se todos partilhassem em espírito,
é cruel, mas o se não existe.
Para que adiar a magia do momento?
Como espuma branca ela pode se
diluir no ar.
Degusto a tristeza, a alegria, mas,
nada, nada impedirá que eu sorria.
Em vivaz embriaguez, tomo-te rosto,
mãos... lábios... tez...
Sinto o gosto do que jamais provei!
Mesolagem cutânea, sabor frutado
e furtado em acidez.
Meu corpo é bolha flutuante, o que
traz legitimidade ao meu coração.
Bebo-te em meu cálice na síndrome da minha libação.

2 comentários:

Tânia Suzart Arts disse...

Parabéns Cacau, adorei seu cantinho! Obrigada pela visita ao meu e vou te seguir.
Um grande abraço:
Tânia Suzart

Yeda Nunes da Silva disse...

Olá
Parabéns pelo blog! Fiquei tão encantada que li diversos textos, cada um mais apaixonante que o outro.
Vou te seguir!


http://recantodeyeda.blogspot.com/