LÍRICOS OLHARES

LÍRICOS OLHARES

PENSAMENTO DO DIA

"O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós." (Clarice Lispector)

Seguidores

REFLEXÃO

"Por mais que se mantêm em consideração as circunstâncias do tempo, do lugar, do gênio do povo, dos seus conhecimentos, de suas inclinações, falham os cálculos, desmoronam-se os edifícios, inutilizam-se os trabalhos e só se colhe o conhecimento de que não se acertou e que o coração do homem é um abismo insondável, e um mistério que se não pode entender". (Frei Caneca)




16 de janeiro de 2014

CONSONÂNCIA (Cacau Loureiro)


















Na paisagem ignota dos meus quereres

a tua voz é cântico a preencher meus 


vazios de sons.


Deixa-me ir por tua várzea cultivada de


flores, deixa-me em tua barga semear 


minha boa vontade.


Ao sabor dos ventos primaveris deixa que 


eu afaste todas as tempestades...


Em primitivo ritual divino deixa-me suprimir


todas as tuas dores, abraçar tuas dadivosidades...


Eu abro os meus ouvidos, o meu coração às


tuas odes encantadas de afeto, às tuas cifras 


de beleza sem par, à tua melodia suave.


Permita-me os teus madrigais de carinho em 


sonoras ondas de paz e amor.


Por sobre tuas verdejantes colinas, deixa-me


ouvir tua música extasiante, deixa-me planar


em teu azulíneo céu, deixa-me avistar teus


campos abertos em sinfonia grandiosa em 


que se deleita o meu espírito viajor!



3 comentários:

Filho de Gaia disse...

Maravilho, adorei você é genial. Abraços.

Filho de Gaia disse...

Adorei seu blog e mais ainda seus poemas. Parabéns.

Érica Calefi amor e poesia disse...

Lindo seu Blog, parabéns Claudia! Com carinho, Érica Calefi